Após quatro dias internada, morre criança atropelada em Ribeirãozinho

GOVERNADOR EDISON LOBÃO – Por volta do meio dia desta quinta-feira (11), Roberto Barros, de 11 anos, que foi atropelado no último domingo (7), em Biberãozinho, morreu após passar quatro dias na UTI.

A criança, que estava internada no Hospital Municipal Infantil de Imperatriz, o Socorrinho, não resistiu aos ferimentos e morreu em decorrência de um traumatismo craniano. No acidente, Roberto Barros teve traumatismo no crânio e fratura no maxilar e na face.

Além de Roberto, duas pessoas da mesma família morreram no grave acidente. A avó Maria das Graças Mourão Barros, 59 anos, e o neto Carlos Henrique Sousa Barros, de 12 anos, morrem no local.

Relembre o caso

A mulher e os dois netos estavam andando a pé pelo acostamento da via, quando foram surpreendidos por um caminhão modelo Ford, de placa PUL-8026/MG, que transportava poupas de frutas.

O motorista do caminhão teria tentado desviar o veículo para o acostamento ao perceber que não conseguiria completar uma ultrapassagem. Com isso, ele atropelou a mulher e as duas crianças. Desgovernado, o caminhão colidiu com uma árvore, e o motorista ficou preso às ferragens.

Ele foi socorrido e retirado com vida. O homem se apresentou à polícia e vai responder por homicídio doloso, quando não há a intenção de matar. A gravidade do acidente chocou os moradores do pacato povoado de Ribeirãozinho.

Fonte: Imirante.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *